Anti-Benfica.COM | Home Page

Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares

Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Seara Alheia Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares


Outros Canais Anti-Benfiquismo Disparates Lapidares Artigos de Opinião
 
Dúvidas existenciais


«A cultura do FC Porto dificilmente admitiria que um jogador acabado de chegar férias fosse imediatamente titular (...)» -
Vitor Pinto - Jornalista do Record, 28 de Julho de 2011. Mas será que a cultura do FC Porto (em particular a dos últimos 30 anos) serve de exemplo a alguém?

«Os problemas da seleção brasileira surgiram, por seu turno, logo na convocatória. Por puro e simples desconhecimento das qualidades do jogador, Mano Menezes decidiu não incluir Hulk na comitiva final e o melhor avançado canarinho da atualidade regressou assim, depois das férias, à pouco mediática Primeira Liga, que esteve, de resto, na base da sua não inclusão» -
Luis Pedro Sousa - Editor-Chefe-Adjunto-da-Direcção do Record, 19 de Julho de 2011. Para além do habitual chorrilho de Sousa, temos apreciado o esforço que o 'chefe' com o cargo mais extenso no pasquim tem feito na promoção de alguns jogadores do FC Porto, sejam brasileiros ou sejam argentinos, criticando os respectivos seleccionadores pelas suas escolhas. Deve ser mesmo um caso um 'caso raro'. Está assim justificada a expulsão de Hulk na Alemanha. Consta entretanto que Mano Menezes irá fazer uma viagem propositada a Portugal para aquilatar das razões de Sousa. Será que está assim justificada a eliminação do Brasil da Copa América?

«Bom a avaliar pelo primeiro golo do Anderlecht, nem mesmo o imperturbável Artur conseguiu escapar ao erro. O guarda-redes ficou algo tremido na fotografia desse lance (...)»
- António Magalhães - Director-Adjunto do Record, 18 de Julho de 2011. Meras opiniões. Mas não terá sido, ao invés, o "fotógrafo" que tremeu ao tirar a fotografia?

«(...) A mensagem é muito clara: Artur passa a ser o número 2 porque Eduardo 'só pode' ser o número 1». - António Magalhães - Director-Adjunto do Record, 18 de Julho de 2011. Afinal há mais gente a 'ler nas estrelas'. Será que Zandinga ou a Maya deixaram de ter lugar assegurado no mundo da astrologia?

«(...) Mas se os dragões raramente são submetidos às dificuldades mediáticas a que estão sujeitos Benfica e Sporting - por razões de mercado e de atitude do próprio clube, demasiado fechado sobre si próprio - (...) -
Bernardo Ribeiro - Sub-Director do Record, 10 de Julho de 2011. Mas afinal em que ficamos? Não foi este mesmo Ribeiro que disse num passado recente que «o Benfica é agora um clube mais fechado do que o FC Porto?

«Seja por que razão for, ataque-se o problema. Clubes com claques ilegais como o Benfica têm de ser responsabilizados. Adeptos que coloquem em risco a segurança de outros como acontece nos clássicos também. E batalhas como a que vimos em Alvalade com o Atlético Madrid não podem passar de memórias. Más»
- Bernardo Ribeiro - Sub-Director do Record, 7 de Julho de 2011. É o que se chama uma Ribeirada. Sendo o problema transversal, porque não referir as claques de TODOS os clubes legalizadas ou não? Porquê apenas as 'claques ilegais do Benfica'?

«(...) O que me causa estranheza, neste caso, é o patético e inútil apelo que o Benfica tornou público, pedindo a Nuno Gomes que não jogasse no futebol português. Naturalmente, o atleta fez ouvidos de mercador, e vai jogar onde lhe é mais conveniente. Só que há momentos em que é útil ter a noção do ridículo» -
Rui Moreira - Adepto portista em A Bola, 1 de Julho de 2011. Não há dúvida que esse apelo tem feito furor. Deve ser certamente distracção nossa, mas de que forma, onde e quando 'o Benfica tornou público' esse apelo?

«(...) Assim, AVB esqueceu a paixão, destapou a sua verdadeira ambição e entra pela porta grande em Stamford Bridge. Nada que incuta pânico a um clube habituado a vencer desde... 1893
» - Vitor Pinto - Jornalista do Record, 23 de Junho de 2011. Depois da manifestação falhada dos Super-Dragões a casa de AVB, observa-se que passará a ser um inimigo a abater, aliás, tal como José Mourinho que hipocritamente ainda tentam passar por "amigo". Desde 1893 ou desde 1906, foi este o mesmo discurso com Ivic e com Couceiro, ou não?

«Sei que já algum tempo que um emissário do Benfica está a negociar. No entanto ainda não me foi apresentada nenhuma proposta concreta em termos de valores» -
Gustavo Moure - Agente de Cortés, citado pelo Record de 3 de Junho de 2011. Será que o Benfica descobriu uma nova forma de negociar sem apresentar proposta?

«Há pouco mais de um ano, o presidente do Benfica explicava o fracasso nas negociações por Falcão revelando que nunca cederia a chantagens. Face à proposta da Luz, El Tigre pedira o dobro, numa daquelas madrugadas que Vieira passava agarrado ao telemóvel a falar com Jorge Jesus e a desenhar contratações». -
André Viana - Jornalista do Record, 1 de Junho de 2011. São as chamadas 'Vianadas'. Esta referência na notícia vem a que propósito? Ou faz parte da 'política editorial' da redacção do Porto do pasquim do director Pais?

«Que acha de a Polícia Judiciária criar um departamento para investigar as transferências do Benfica e do Porto
? Acho muito entusiasmante. Depois da disputa para ver quem tem mais troféus, também era giro saber quem tem mais trafulhices» - Luís Afonso - Caricaturista de A Bola, 1 de Junho de 2011. É impressionante a leviandade com que os 'Afonsos' cá do burgo lançam bojardas ainda que sob a forma de 'caricaturas'. Bem se esforçam numa 'política igualitária', mas sem sucesso. Até quando gozarão de impunidade?

«(...) este Barcelona de Guardiola é provavelmente a melhor equipa que alguma vez existiu, e Lionel Messi, como não me canso de escrever há anos, é o melhor jogador de futebol de todos os tempos».
- Miguel Sousa Tavares - Adepto portista, em A Bola, 31 de Maio de 2011. Desmemoriado ou em estágio para a Supertaça Europeia? Então e o Benfica de 63? O Santos da mesma década? O Ajax dos anos 70?, entre tantos outros... E Alfredo Di Stéfano, Pelé, Johan Cruyff, Maradona, para só falar destes?

«Apesar do tabefe, o verdadeiro problema foi saber-se... do tabefe que era preciso desmentir, para tentar limpar o nome da 'Instituição Benfica', onde supostamente a vida é harmoniosa, com todos afinados e a puxar para o mesmo lado. O cinismo desta atitude orquestrada por uma máquina de comunicação que se serve da correia de transmissão do regime para amplificar os seus embustes comporta múltiplos problemas, mas um deles é mais patético: o do próprio Aimar se ter prestado ao papel de bobo. Compreende-se: é mais fácil negar do que levar para casa
o desaforo de um tabefe» - António Varela - Editor-Chefe do Record, 22 de Maio de 2011. Então em que ficamos, ontem Varela dizia que Aimar 'se recusava a aceitar ditaduras', hoje 'prestou-se ao papel de bobo'?

«No Record continuaremos a fazer aquilo que é nosso compromisso diário: informar o leitor com rigor. Sem boicote ou revisão do regime» -
João Rui Rodrigues - Jornalista do Record, 18 de Maio de 2011. Esta tirada será para o 'Vamos contar mentiras' ou para nos divertir?

«Vamos sorrindo com a alegria dos outros»
- Godinho Lopes, em referência à passagem do SC Braga à final da Liga Europa, citado pelo jornal A Bola, 8 de Maio de 2011. Sendo coerente, será que o Sporting se juntou à festa da manutenção do Vitória de Setúbal?

«Exigem os jornalistas máxima responsabilidade e fair-play aos dirigentes desportivos, mas em muitos casos a responsabilidade que pedem é aquela que eles próprios não assumem. O jornal Record, na sua edição de hoje, decidiu avançar com algumas notícias tão estéreis quanto falsas. Faltaram à responsabilidade que tanto reclamam, porque nem Sidnei recusou qualquer braçadeira de capitão, nem o alojamento da equipa representa qualquer problema ou motivou o mínimo desencontro, como o verdadeiro prémio da equipa em ganhar a Liga Europa será honrar a história e a tradição do Sport Lisboa e Benfica.
- Comunicado do Sport Lisboa e Benfica, 4 de Maio de 2011. Será que o Record vai dar a este desmentido o mesmo destaque que deu ao recente desmentido ao jornal da concorrência?

«(...) O Benfica tinha muitos jogadores em risco mas o árbitro foi condescendente»
. - Domingos Paciência - Treinador do SCBraga em conferência de imprensa após o jogo da Luz, 28 de Abril de 2011. Este lamento de Paciência leva-nos a concluir que pensava que estava no campeonato português, com árbitros portugueses. Estaria com saudades de Xistra ou de Benquerença?

«O Benfica-Braga desta quinta-feira vai ser arbitrado por um árbitro internacional; os adeptos do Braga não serão recebidos à pedrada e podem levar bandeiras e símbolos do respectivo clube; e a luz não será apagada enquanto houver gente em campo. Viva a Liga Europa!» -
Miguel Sousa Tavares, Adepto portista, em A Bola, 26 de Abril de 2011. Que excelente oportunidade de estar calado! Será que se esqueceu das cenas de grande urbanidade das Antas, Dragão e ultimamente do Axa?

«O universo benfiquista chega ao final de abril embrulhado na mesma discussão que alimentou a abertura da temporada: qual é, afinal de contas, a melhor solução para a baliza?» -
Nuno Farinha - Director-Adjunto do Record, 25 de Abril de 2011. Compreendemos que dê jeito esta questão para lançar a confusão, pois viu-se a pressa do pasquim em perguntar ao 'universo benfiquista'. A resposta já tinha sido dada antes: o Benfica tem três guarda-redes e qualquer deles pode ser titular. Qual é afinal o problema que o 'universo benfiquista' não enxerga?

«Não há qualquer intenção do jogador do FCPorto em jogar a bola com a mão» -
Carlos Carvalho - Presidente da arbitragem da AFPorto, a propósito do penalty não assinalado de Rolando no jogo com o Sporting, em declarações à imprensa, 18 de Abril de 2011. Por este tipo de declarações entende-se a razão de uma luta tão encarniçada pelo controle da arbitragem. Percebem porque o presidente da AFPorto é o líder da brigada do reumático contra os estatutos federativos?

«Então se esse clube é sempre o melhor porque é que não é mais vezes campeão?»
- Paulo Teixeira Pinto - Adepto portista, num pretenso remoque ao Benfica,  em A Bola, 15 de Abril de 2011. A Mafaldinha responderia certamente com outra pergunta: Pela razão inversa do outro clube que joga dentro e fora do campo! Certo?

«Se também pudermos ganhar a Taça de Portugal ficaria contente, mas não é a nossa prioridade»
- Pinto da Costa - Presidente do FCPorto em declarações reproduzidas no Record, 13 de Abril de 2011. Não é uma prioridade ou não é realista depois do resultado em casa?

«O PSV Eindhoven vem à Luz cheio de entusiasmo. Porquê? Nada melhor que um estádio conhecido por ficar às escuras para o clube das lâmpadas Philips dar nas vistas...»
- Luis Afonso, Caricaturista de A Bola, 6 de Abril de 2011. O 'Afonsino' de vez em quando gosta de cair no ridículo. Está no seu direito! Podia ter escolhido outra ocasião para tentar 'brincar' com o assunto. Então não é que 'se esqueceu' que o PSV (o clube da lâmpadas) já teve 2 'apagões' precisamente contra o Benfica, em 1975 e 1982?

«A Casa do Benfica de Gondomar, que no último domingo foi alvo de actos de vandalismo, voltou a ser alvo de actos semelhantes na última madrugada. Em comunicado, os dirigentes insurgem-se contra o 'comportamento da indiferença' com que a Casa foi tratada por parte da GNR local. É intenção, por isso, fazer  seguir uma participação para o Comando Geral desta força militarizada».
- Notícia de A Bola, 6 de Abril de 2011. Na 1ª quinzena de Fevereiro e a propósito dos incidentes do Esmoriz-Gondomar, o porta-voz da GNR, Tenente-Coronel Costa Lima tinha afirmado em conferência de imprensa: «A actuação da GNR é a mesma de norte a sul». Perante a comunicação da Casa do Benfica de Gondomar (que coincidência), será que o 'comportamento da indiferença' não configura uma  flagrante incoerência?

«Providência Cautelar não tem fundamento» -
Lino de Castro - Responsável máximo pelo último acto eleitoral do Sporting em entrevista ao Record, 5 de Abril de 2011. Admitemos que sim. Mas será que o 'juiz' que vai decidir sobre o seu provimento é Lino de Castro?

«(...) uma lição do que é talento, ordem, organização e unidade, algo que Lisboa não consegue perceber. É muito difícil para alguns dirigentes do Benfica e do Sporting conseguirem estabilizar - embora o tentem fazer - as vitórias dos grandes de Lisboa contra esta cultura de ganhadores» -
Carlos Queiroz - Ex-seleccionador nacional, no Record de 5 de Abril de 2011. Vê-se que continua ressabiado e em conflito com ele próprio e com o mundo que o rodeia, excepto obviamente com os pintistas que se desdobram em elogios à sua pessoa. Cuidado Villas-Boas! Será desta que nos vamos ver livres dele?

«Será muito difícil deixar o FCPorto»
- Givanildo Souza 'Hulk', em declarações à SportTV Brasileira, 4 de Abril de 2011. Evidente, com uma cláusula de 100 milhões e como o Pinto-Maior a assegurar que «ao contrário dos outros [Benfica] no Porto nenhum jogador sai abaixo da cláusula»... não só é difícil como é preciso mesmo um milagre. Será que tem pachorra para assinar um contrato vitalício?

«O Benfica quer impedir a presença de bandeiras do Porto na Luz. Acho pouco... já agora, para entrarem no estádio os adeptos do Porto deviam ser obrigados... a levar um adesivo na boca e a assistir ao jogo com as mãos nas algibeiras
.» - Pancada central, jornal Record, 3 de Abril de 2011. O humorísta era portista ou apenas mal informado?

«(...) A PSP, se não impuser a legalidade, deixará de ser neutral. Mas de quem impediu a entrada em Lisboa dos portistas que iam à Luz ver o hóquei, em 2007, tudo se pode esperar...» -
Vitor Pinto - Jornalista, do Record, 2 de Abril de 2011. Mas será que este adepto pintista disfarçado de jornalista quer aprovar uma nova lei?

«A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) enfrenta um problema semelhante e corre sério risco de sofrer as mesmas suspensões. Os seus estatutos não estão em conformidade com o Regime Jurídico das Federações e, apesar de já terem sido aprovados na generalidade, foram chumbados
na especialidade em três pontos fundamentais. Ou seja: os estatutos da FPF estão aprovados, mas permanecem fora da lei». - Nelson Feiteirona - Jornalista de A Bola, a propósito da suspensão pela FIFA da Federação da Bósnia, 2 de Abril de 2011. Mas alguém consegue explicar isso à 'brigada do reumático'? E o Ministério Público de que é que está à espera para actuar?

«O FCPorto recebeu muitas propostas para fazer um canal, mas nós sempre estivemos virados para um canal onde não falássemos apenas de nós.
E numa crítica à Benfica TV: «permitiu, inclusivé,a incitação à violência contra o FCPorto» - Pinto da Costa - Presidente do FCPorto em declarações ao Porto Canal reproduzidas em A Bola. Passando por cima de mais uma manifestação de mau português, confirma-se pela enésima vez que Pinto da Costa até a respirar é afectado pelo Benfica. Pergunta-se: 1) Será que o Porto Canal não será doravante o FCPorto-Canal? 2) Será que ao servir de modelo inspirador para actos de violência sempre que o Benfica vai ao Porto e agora também a Guimarâes e a Braga, o pinto-maior terá algum pingo de moral para falar do assunto?

«Posto isto, só uma coisa me faria contente no caso de o FCPorto não vencer a Liga Europa. Seria a vitória do Braga. Do nosso Braga. Porque já aprendeu que o impossível é tão só o que ainda aguarda por ser demonstrado»
- Paulo Teixeira Pinto - Adepto portista, em A Bola, 18 de Março de 2011. Nova demonstração inequívoca da pinto-mania. Eles já não se coibem de apelidar o SCBraga do 'nosso Braga'. Mais um que não sendo propriamente um desconhecido à luz de um pintismo bacoco ignora o sentido da nacionalidade. Será que é de estranhar?

«O pouco perspicaz observador da arbitragem que esteve em Braga, classificou Carlos Xistra com pontuação negativa. Ao que parece, e quem sabe por razões do coração ou para fazer frete a alguém, o dito senhor só viu, e apenas assinalou, os 'pseudo-erros' que teriam prejudicado o Benfica». - Rui Moreira, Adepto do FC Porto, em A Bola, 18 de Março de 2011. Eis a pinto-mania em todo o seu esplendor! Na versão deste pintista, o 'malandro' do observador (benfiquista de certeza!) teve o desplante de pontuar negativamente Xistra que até fez uma boa arbitragem! Sai mais uma queixinha ao Óscar?

Depois das decisões sui generis do campeonato de juniores das pedradas e do caso H&S, a última das quais chegou misteriosamente a Pinto da Costa antes de chegar a Hermínio Loureiro, o novo CJ voltou a emitir um parecer parcialmente desfavorável ao projecto de revisão dos estatutos, por considerar que algumas normas podem violar a constitucionalidade. Três questões: 1-Esse parecer é de acordo com os velhos ou os novos estatutos? 2-Será que o parecer divulgado nas vésperas de uma assembleia que poderá ser decisiva, será apenas e só coincidência? 3-Será tudo em prol da evolução do Futebol Português?


«As pessoas não estão disponíveis para pensar que o Sporting vai estar outra vez 17 anos sem ganhar (...) durante aqueles 17 anos o Sporting muitas vezes não ganhou por factores externos mas sobretudo teve até algumas boas e grandes equipas.» -
Dias Ferreira, em entrevista ao jornal A Bola, 18 de Março de 2011. Identificados que estão os «factores externos» da hegemonia portista, porque será que ainda assim nos olhos de Dias Ferreira o inimigo do Sporting sempre foi o Benfica?

«O Sporting é um clube de totós»
- Sérgio Abrantes Mendes - Candidato à presidência do Sporting, no Record, 13 de Março de 2011. Será por isso que estabelecerem o pacto com os pintistas?

Depois das metamorfoses em relação a jornadas passadas, nas quais os erros contra o Benfica e os favorecimentos ao FC Porto eram (ainda) mais escandalosos e estavam a dar um pouco nas vistas, o critério disciplinar dos árbitros vem fazendo do Benfica uma equipa caceteira. Não sendo algo de novo, o que se terá passado após a década de 80 para que isso começasse a acontecer? Como explicar também as sistemáticas expulsões de jogadores encarnados sempre que jogavam frente aos portistas, como explicar os mais de 30 cartões vermelhos mostrados a jogadores do Benfica em clássicos com o F.C.Porto? i.e. Abel Xavier 94-95, Dimas 94-95, Eder 02-03, Escalona 99-00, Hélder 94-95, Isaías 91-92, João Pinto 94-95, 97-98 e 98-99, Miguel 02-03, Mozer 92-93, Nuno Gomes 04-05, Nelo 94-95, Pacheco 88-89, Ricardo Rocha 02-03 e 03-04, Ricardo Gomes 95-96, Rojas 99-00, Rui Bento 91-92, Tahar 96-97, Vítor Paneira 94-95, Veloso 87-88, Yuran 92-93, etc, etc... É que nos oitenta anos de história anteriores (1907 a 1987) apenas tinham sido expulsos 10. Isto para não falar das expulsões cirúrgicas em vésperas de deslocações às Antas, como Preud'Homme em 1995-96, Miccoli... Serão bruxas?


«Podem simular agressões a qualquer palhaço, mas nós vamos continuar o nosso destino.»
- Pinto da Costa, a propósito das agressões a Rui Gomes da Silva, 12 de Março de 2011. De que destino fala ele? O do «vamos pelo caminho da dignidade» anunciado em Abril de 2010 ou o da continuação das golpadas?

«Em Agosto do próximo ano, quando os jornais anunciarem que o Benfica está quase a envergar as faixas, é favor dar-nos conta dos segredos das estrelas, tão
acessíveis ao seu presidente» - Francisco José Viegas - Adepto portista, em A Bola, 11 de Março de 2011. Lenga-Lenga recorrente. Será que Viegas já foi atingido pelo síndroma da repetição que afecta todos os pintistas? Se ainda explicasse a história do Delane Vieira ou da falta de petróleo nas modalidades, isso sim...

«Um dia destes, os homens do apito perderão o seu respeito reverencial pelo clube da Luz e dirão basta»
- Rui Moreira, Adepto do FCPorto, em A Bola, 11 de Março de 2011. Assinamos por baixo apenas com uma pequenina alteração da frase. A seguir a pelo clube, que tal Dragão em vez de Luz?... Não acham que assim faria todo o sentido?

Será que Jorge Silvério - Psicólogo especializado em futebol, reiteraria hoje a sua tese de 2 de Novembro de 2009, em que disse que «O Benfica não tem competências de confronto com a adversidade», isto depois de todos os atentados que sofreu esta época e a 4.ª virada, designadamente ante o PSG?


Na sequência da expulsão em Braga, Javi Garcia foi castigado com um jogo de suspensão.
- Castigo divulgado na imprensa de 9 de Março de 2011. Que critérios são estes em que se castiga um jogador com 1 jogo de suspensão por uma 'agressão'?

Será que a arbitragem de Hugo Pacheco no recente Sporting - Beira Mar, com 1 golo mal anulado ao Beira Mar e um penalty por assinalar contra o SCP, está condizente com os altos padrões de exigência de Couceiro?


«A expulsão desse jogador em particular
[Javi García] e de outros já devia ter acontecido há muitos jogos. Fazem dos cotovelos e agressões uma forma normal de entrar nas jogadas. Quando há um árbitro que cumpre as leis, fazem este alarido» - Pinto da Costa, em comentários ao jogo do Benfica em Braga, 8 de Março de 2011. Quais leis, as do FC Porto?

«Gosto do discurso de Villas-Boas, que prima pela inteligência e raramente se refugia em lugares comuns. É por isso que me custa a enquadrar esta obsessão pela galinha do vizinho e esta aspereza que não condiz com quem tanto ganha
» - André Viana - Jornalista do Record, 7 de Março de 2011. Recados do interior do FCPorto?

«Faltou quem explicasse a Jesus que dispensar Quim era péssima decisão»
-António Varela, Jornalista do Record, 6 de Março de 2011. Primeiro uma correcção: Jesus não dispensou Quim; o que fez foi não propôr a renovação o que é completamente diferente. Mas será que ainda ninguém explicou a Varela a sua tendência recorrente para o desatino?

«Parabéns a Xistra por ser o único disponível»
- Domingos Paciência - treinador do SCBraga, em Conferência de Imprensa, 5 de Março de 2011. Digno de estudo será sem dúvida o facto de Domingos aparecer só nas alturas que joga com o Benfica. Será que hoje pensa cometer a proeza de oferecer o campeonato ao seu clube do coração?

«O Benfica e o Porto não têm interesse no renascimento do Sporting»
- José Couceiro - Director-Geral e Treinador Interino do Sporting, em Conferência de Imprensa, 5 de Março de 2011. Não há dúvida que Couceiro melhorou a sua estratégia comunicacional desde que passou pelo clube de Pinto da Costa. Mas não seria mais apropriado concentrar-se na tarefa de consolidar o 3º lugar em vez de estar a imitar as diatribes do seu colega do Dragão?

«As vitórias dos outros é que são fantásticas. As nossas são sempre complicadas' -
André Villas-Boas - Treinador do FCPorto, em Conferência de Imprensa, 5 de Março de 2011. Será que alguém pode oferecer bicarbonato para este tipo de azia perene?

«James Rodriguez não é um reforço que o FCPorto foi pedir emprestado a algum emblema espanhol sob custo de um salário milionário»
- Vitor Pinto - Jornalista do Record, 5 de Março de 2011. A azia é um sintoma danado! Então qual a razão porque o FCPorto tentou o empréstimo?

«Não devemos considerar a carta
(da FIFA sobre os estatutos), um ultimato» - Carlos Coutada - Presidente da AFBraga em A Bola, 5 de Março de 2011. Ai não, então o que é?

«Temos de nos unir, porque o que se tem passado é que os nossos maiores adversários têm todo o interesse em que o Sporting não renasça. Entre eles tentam dividir o mercado(...)»
- José Couceiro, treinador do Sporting, na antevisão da partida com o Beira-Mar, 5 de Março de 2011. Não vos faz lembrar a já famosa táctica portista made in Pedroto de criar inimigos fictícios para unir a nação? André Villas-Boas, João Moutinho, Rúben Micael são só alguns dos últimos negócios entre Sporting e FC Porto, haverá dúvidas se foram sobejamente lisonjeiros para os portistas?

«Verifica-se na Luz uma inédita acumulação de funções, que envolve o treinador e o director desportivo do clube, que agora desempenham, também, a função de assistentes de recinto desportivo»
- Rui Moreira - Adepto portista, em A Bola, 4 de Março de 2011. Qual seria a classificação mais ajustada: a de stewards (a.h.) ou de agentes desportivos (d.h.)? Nota: a.h. (antes de Hulk) d.h. (depois de Hulk)

«Sevilha não larga Maxi Pereira», «Moreira pode ter acabado a época», «Aimar deve despedir-se no fim da época»
- títulos recentes no jornal 'O Jogo', 4 de Março de 2011. Perante a natureza aviltante deste tipo de notícias, será legítimo assumir que a prioridade do jornal 'O Jogo' é mesmo servir propósitos?

«Nas três páginas de pura propaganda sem contraditório que A BOLA lhe concedeu (a Rui Gomes da Silva) generosamente na edição deste domingo - e onde, por exemplo, o deixaram dissertar livremente sobre a 'verdade desportiva', sem lhe perguntar onde esteve a verdade desportiva na contratação de Jardel ao Olhanense (...)»
- Miguel Sousa Tavares - Adepto do FCPorto, em A Bola, 1 de Março de 2011. Se esta passagem tivesse sido escrita antes do 25 de Abril não destoava de todo. MST assumindo atitudes ditatoriais, 'quer escolher' quem deve ser entrevistado e o que lhe 'deve ser perguntado'. Isto é, em nossa opinião, uma forma inadmissível de querer condicionar o jornal onde escreve de uma forma 'generosa'. Que diz a isto Vitor Serpa?

«Árbitro dá mãozinha no regresso ao topo»
- (Record), «Coisas de mau apito. Juiz internacional teve decisões polémicas e decisivas para o resultado» - (A Bola), 28 de Fevereiro de 2011. Estes foram alguns dos comentários sobre o inevitável Olegário Benquerença que apitou o Oliveirense-Leixões. De que está á espera a Comissão de Arbitragem? Que Olegário influencie mais jogos e campeonatos?

«Essas pessoas (Rui Gomes da Silva) não nos merecem qualquer atenção, para não dizer uma palavra mais própria, porque aquilo que eu, em sentido figurado, chamo de incendiários do futebol. Pessoas que em programas televisivos respiram ódio em cada intervenção e não têm outra função se não a de denunciar coisas hipotéticas» - Pinto da Costa - Presidente do FCPorto, ao Porto Canal , 28 de Fevereiro de 2011. Aparte os lapsus linguae (olha se fosse Jorge Jesus!), de quem estaria Pinto da Costa a falar? Dele próprio?

«Benfica à hora da NBA. Piso escorregadio levou jogo para 75 km de distância. Terminou para além das 0,30 horas. Benfica só chegou a Lisboa às 4,30 horas» - Pedro Barros – jornalista, sobre o jogo de basquetebol Sampaense-Benfica, em a Bola, 28 de Fevereiro de 2011. Depois da maratona de jogos que o Benfica teve de enfrentar quando tem estado a participar numa prova europeia (ainda hoje viajou para a Suécia), agora esta situação caricata. É assim que a Direcção da FPB contribui para o desenvolvimento do basquetebol português?

«Jorge Jesus acha que o trabalho de Leonardo Jardim 'não é nada de extraordinário'. Devia lembrar-se do quão amarga pode ser a época de estreia na 1ª divisão...»
- André Viana - jornalista do Record, 28 de Fevereiro de 2011. Calma André, Leonardo Jardim antes de ser treinador do FCPorto ainda tem que fazer escala em Braga. Estamos certos que Jorge Jesus lembrar-se-á da sua 1ª época na 1ª divisão, como também estamos que André Viana 'não se lembra'. Não é verdade?

«O Benfica, de Jorge Jesus, está verdadeiramente em alta, mas isso não lhe chega para ganhar o título. E deve ser um grande aborrecimento para o treinador perceber que foi ele e mais ninguém o responsável pela perda de pontos fatais nas primeiras jornadas. Bastar-lhe-ía ter conservado Quim na baliza para a história poder ter sido outra muito diferente» - António Varela, Jornalista do Record, 27 de Fevereiro de 2011. São verdadeiramente espantosas as conclusões de Varela destinadas a parolo ler. Ficámos todos a saber, finalmente, que só há 2 (culpados) - Jesus e Roberto! É claro que uns tais Cosme Machado e Olegário Benquerença (para só falar destes) não tiveram nada a ver, não é António Varela?

«Dizer-se que um clube tem uma opção sobre um treinador é uma imbecilidade». - Pinto da Costa, a respeito das notícias vindas a público sobre Leonardo Jardim, 26 de Fevereiro de 2011. Imbecilidade como quando se noticiou que o FC Porto era o motivo pelo qual André Villas-Boas tinha dito não ao Sporting?

«O FCPorto tem recebido muitos elogios vindos do estrangeiro, mas só em Portugal é que se olha apenas para uma equipa e os outros não são nada»
- André Villas-Boas - Treinador do FCPorto, em Conferência de Imprensa, 22 de Fevereiro de 2011. Azia, complexo de inferioridade ou ambas as coisas?

«(...) Impõe-se uma urgente visita de uma embaixada benfiquista eloquente, comandada por Luis Filipe Vieira e integrando Cervan, o Gomes da Silva, o APV, o RAP, o Barbas e a Carolina Salgado (???!!!) para abrir lá, se não existe, uma Casa do Benfica, ou, melhor ainda, para comprar uma barraquinha de praia com direito a bandeira hasteada. Afinal para que serve o recorde do Guiness Book?»
- Miguel Sousa Tavares - Adepto do FCPorto, em A Bola, 22 de Fevereiro de 2011. Concordamos com a sugestão. Mas já agora porque não integrar também nessa embaixada, Pinto da Costa (para declamar José Régio), a sua companheira Fernanda Miranda (que até é nativa do Brasil), e os presidentes do Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Chelsea, Manchester United, etc?

«Quanto ao Benfica, mais uma vez alinhando com um único jogador português, pois lá eliminou também o seu adversário - mas como poderia não o fazer se este é o último classificado da Bundesliga?»
- Paulo Teixeira Pinto - Adepto portista, em A Bola, 25 de Fevereiro de 2011. Dispensamo-nos de referir que qualquer português bem formado, deseja que qualquer equipa portuguesa singre na Europa. Mas a avaliar por esta manifestação anti-desportiva e regionalista, PTP ficou com uma forte azia pelo Benfica ter eliminado o 'último classificado do campeonato alemão'. Quando é que este bacoquismo evolui?

«Mesmo que em vez de nove, eu aqui estivesse 90 anos, haveria sempre quem me considerasse ora 'sportinguista' ora 'benfiquista', o que só por si é prova de que não sou uma coisa nem outra. Belenense até à morte (...)» - Alexandre Pais - Director do Record, 24 de Fevereiro de 2011. E porque não admitir apenas cuidados para com o FC Porto, o que simultaneamente implica ser anti-benfiquista?

«Com o plantel (do FCPorto) prestes a ficar novamente na máxima forma, não é por acaso que até Jorge Jesus já assume que, no dérbi de Alvalade, a pressão está do lado do Benfica, que não pode perder pontos. Uma mudança de discurso que só elogia o FCPorto»
- Vitor Pinto - Jornalista do Record, 21 de Fevereiro de 2011. Se o Benfica está a 11 pontos do líder (ainda que falte o jogo de Alvalade), será que qualquer pessoa não percebe que se o Benfica não ganhar o campeonato está quase entregue? Então onde está a mudança de discurso de Jorge Jesus? Onde está o discurso do elogio ao FCPorto que não o vislumbrámos?

«Num jogo muito difícil, em que o golo sofrido foi ilegal, o FCPorto dominou a primeira parte e conseguiu uma vantagem importante para a segunda mão (...)»
- Rui Moreira, Adepto portista, sobre a vitória do FCPorto em Sevilha, em A Bola, 18 de Fevereiro de 2011. Rui Moreira continua a sofrer de daltonismo compulsivo. E o 1º golo do FCPorto não foi ilegal? E no 2º o árbitro não deveria ter assinalado penalty em vez de ter sancionado o golo?

«Relação do Porto confirmou a decisão de primeira instância que condenou Carolina Salgado, ex-companheira de Pinto da Costa, a indemnizar o líder da claque Superdragões, Fernando Madureira, soube-se hoje de fonte judicial. Em causa está um crime de difamação agravada a Fernando Moreira.»
- 16 de Fevereiro de 2011. Novamente um caso de justiça de sentido único?

«Há dias, ouvi na rádio o sportinguista Alfredo (Eduardo) Barroso a dizer que, mais uma vez, o FCPorto tinha boicotado um negócio ao Sporting. Achei extraordinário: então não foi o Sporting que tentou boicotar o negócio ao FCPorto? Não sabiam que ele estava desde Junho a tentar comprar o Kléber?»
- Miguel Sousa Tavares - Adepto do FCPorto, em A Bola, 15 de Fevereiro de 2011. Conclusão extraordinária. E que dizer de Cristian Rodriguez, Álvaro Pereira, Radamel Falcão e James Rodriguez? Não sabia o FCPorto que o Benfica estava a tentar renovar/contratar os citados jogadores? Como se chama isso: desvio, boicote ou roubo?

«Extremo não defrontou o FCPorto mas está apto. Ukra voltou em grande
» - Record, 15 de Fevereiro de 2011.Mais um daqueles mistérios de jogadores emprestados pelo FCPorto e que não o defrontam ?

«(...) promover diálogo até que surja entendimento entre todas as partes»
- 4ª hipótese colocada pelo deputado do PSD Pedro Duarte ao Ministro Pedro da Silva Pereira na Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, sobre a recusa da minoria de bloqueio à adequação dos estatutos da FPF à lei, 15 de Fevereiro de 2011. Depois de quase 2 anos de diálogo estéril e de recusa de algumas Associações (Clubes), será que Pedro Duarte ainda acredita que o diálogo vai resolver alguma coisa?

«E, se as regras não fossem diferentes para os benfiquistas, Salvio teria sido expulso por conduta violenta logo aos 24 minutos, o que certamente alteraria o curso do jogo (...) - Rui Moreira -
Adepto do FCPorto, em A Bola, 11 de Fevereiro de 2011. A prova-provada que as regras são diferentes para os benfiquistas foi a expulsão a pedido de Fábio Coentrão no Dragão. Mas apesar disso, o curso do jogo alterou-se?

«Vendido por 25 milhões (35 é cosmética para jornalistas amigos), David Luiz foi muito bem vendido. Muito embora longe dos 50 milhões que Luis Filipe Vieira se gabava de ter como oferta há um ano, a verdade é que, em minha opinião, David Luiz não vale 25 milhões: Bruno Alves é bem melhor do que ele e foi vendido por menos. E as suas abundantes cotoveladas na cara dos adversários não gozarão em Inglaterra da mesma impunidade que aqui sempre foi lei».
- Miguel Sousa Tavares, Adepto portista, em A Bola, 8 de Fevereiro de 2011. Será que é 'cosmética' como o era a transferência mais cara do Futebol Português - Di Maria? Ou será isto um achega à 'veia negociadora' do Presidente do FC Porto? Proporcionalmente às ameaças para com David Luiz, lembramo-nos da promessa Anderson, ainda a prometer...

«Não estou nada descontente com o FCPorto. (...) Viu-se que o Benfica teve muita sorte com o Vitória de Setúbal e se o Salvio tem sido expulso, como devia, talvez as coisas tivessem sido diferentes (...)»
- Rui Moreira - Adepto portista respondendo à pergunta 'Se estava descontente com o FCPorto', em A Bola, 8 de Fevereiro de 2011. Será que Rui Moreira tem o dom de ver coisas que ninguém mais vê? Qual terá sido a jogada para a 'expulsão' de Salvio? Já vimos que está contente com o FCPorto. E com as arbitragens?

«(...) e, enfim, dei-me conta de que os advogados benfiquistas habituais são todos entusiásticos defensores da 'regeneração'. A aí confesso, já comecei a suspeitar que pode acontecer que nem tudo seja o que parece»
- Miguel Sousa Tavares - Adepto portista sobre os estatutos da FPF, em A Bola, 1 de Fevereiro de 2011. Estamos entendidos! Afinal MST começou a suspeitar porque os advogados benfiquistas habituais são defensores da regeneração. Já agora o tal Estado de Direito que MST evocou para a absolvição de Pinto da Costa na justiça civil, não é para respeitar no caso dos estatutos?

«Depois, temos Kardec, que joga de costas para a partida e já nem a juventude lhe vale como argumento para justificar o que não joga; Luis Filipe e Felipe Menezes, que marcou o 4º golo mas só pode ter sido engano...; E César Peixoto - que mais posso dizer sobre Peixoto? (...)»
- Marta Rebelo, Adepta benfiquista, no Record, 31 de Janeiro de 2011. Dizer mal dos jogadores do Benfica será uma condição imposta pelo Director Pais ou uma forma particular de benfiquismo?

«Este FCPorto é assim tão mau? Ninguém precisa de lições de mestre para saber que isto só conta da forma como se acaba...» - André Villas-Boas - Treinador do FCPorto, em conferência de imprensa, 26 de Janeiro de 2011. Será que Villas-Boas sonha com Jorge Jesus e o Benfica?

Porque será que o Sub-Director do jornal Record Bernardo Ribeiro não esperneia veementemente a antecipação do FC Porto - Nacional para 26 de Janeiro de 2011, a par do que fez na pretérita época no caso do Benfica?

«O rei de Espanha não diria melhor: 'E por que não se calam?' de facto, esta troca de palavras entretém o pagode, mas nada acrescenta ao futebol. Com miúdos ou graúdos, esta é uma discussão para ser feita no relvado». - Luis Milhano - jornalista do Record, s/Villas-Boas/Jesus, 26 de Janeiro de 2011. Apenas uma pergunta ingénua: Quem é que tem provocado isso? É o pagode?

«Na Luz o árbitro não viu nada e o relatório de Rui Costa e delegados seguiram 'limpinhos'. Pena a TVI ter dado em direto. Se não ainda ía haver quem nos quisesse convencer que tudo aquilo era normal. Infelizmente, o País todo viu»
- Bernardo Ribeiro, Sub-Director do Record, 24 de Janeiro de 2011. Vendetta pessoal?
«O único que gostaria realmente de 'contratar' era Elmano Santos» - Pinto da Costa - Presidente do FCPorto, em declarações reproduzidas na imprensa, 20 de Janeiro de 2011. Não faz muito sentido. Então não tem lá já o António Garrido 'contratado' ao Sporting?

«A milionária equipa de basquetebol do Benfica estava a afundar-se lentamente, até que ontem derrotou o seu arquirrival FCPorto na final da Taça Hugo dos Santos (...)». - António Varela - Jornalista do Record, 17 de Janeiro de 2011. Segundo Varela a equipa de basquetebol do Benfica é 'milionária'. Seguindo o mesmo raciocínio, a do FCPorto é o quê? Pobrezinha?

«Ainda estamos num estado de Direito, não nos vamos vergar. Recusamos ser coveiros do futebol português (...)» - Lourenço Pinto - Presidente da AFPorto, a propósito do processo da adequação dos estatutos da FPF à lei, em A Bola, 16 de Janeiro de 2011. É interessante ouvir Pinto evocar o estado de Direito quando se sente apertado, mas era bom que também o tivesse feito noutras situações no passado. Mas hilariante mesmo é a estória dos coveiros. Afinal de quem está Lourenço Pinto a falar?

«Não houve por parte do Benfica o menor pudor em acertar a contratação de Jardel no dia do jogo, impedindo-o de jogar. Havia duas maneiras de fazer a coisa: ou no início do período de transferências, ou no fim (...)» - António Varela - Jornalista do Record, 16 de Janeiro de 2011. Mais um falso púdico que até introduziu uma nuance: a 'culpa' foi só do Benfica! Em boa verdade será que o futebol que temos merecia melhores jornalistas?

«Fábio Faria foi a primeira contratação do Benfica para a presente época, com pompa e circunstância, e acaba por sair para o modesto Valladolid (2ª divisão espanhola), depois de também tapado pela mais recente contratação das águias - um central de nome Jardel» - Paulo Quental, jornalista, na atribuição da 'Medalha de Lata', no Record, 14 de Janeiro de 2011. Será que Quental conseguiu perceber o essencial do assunto ou estava com dificuldades de arranjar alguém para a 'medalha'?

«O árbitro Xistra voltou a prejudicar o FCPorto, com critérios disciplinares ridículos e tendenciosos» - Rui Moreira, Adepto do FCPorto, em A Bola, 14 de Janeiro de 2011. Desconhecíamos que agora o chapéu folclórico colombiano fazia parte do equipamento dos jogadores do FCPorto. Como não sabíamos que o árbitro Xistra tinha influenciado o resultado. Será que ainda vamos a tempo de saber?

«Ele (Jorge Jesus) é inteligente e, por isso, é que sou amigo dele. Não gosto de gente estúpida» - Pinto da Costa - Presidente do FCPorto em declarações à imprensa após o FCPorto-Marítimo, 8 de Janeiro de 2011. Será para aprender a ser menos boçal?

«Ficou a certeza de que há um líder no banco, que assume a derrota, que não procura desculpas fáceis, que não 'queima' os seus jogadores e que não perde o 'fair play'» - Rui Moreira, Adepto do FCPorto sobre Villas-Boas, em A Bola, 7 de Janeiro de 2011. Será que Rui Moreira tem a certeza que está a falar do actual treinador do FCPorto?

«Relembro o comunicado encarnado que garantia que o Benfica não contratava ninguém em Janeiro. Desde que não voltem a chamar mentirosos aos jornalistas...» - Bernardo Ribeiro -Sub-Director do Record, 4 de Janeiro de 2011. Ribeiro tenta demonstrar que não percebe enquadramentos e que os jornalistas são todos rigorosos e nunca mentem nem adulteram. Percebemo-lo na perfeição! Perguntamos: Haverá jamais algum clube com o plantel fechado? Nos últimos dois meses, quantos jogadores os jornalistas já revelaram como sendo o alvo do Benfica? 20, 30? Como se chama então a isso?

«Admito que não podemos continuar eternamente com este braço de ferro e sou capaz de aceitar uma inflexão na luta, mas manteremos a contestação a esta lei nos tribunais até que nos seja dada razão. A fonte dessa notícia é para pressionar os sócios da federação.» - Carlos Coutada - Presidente da AFBraga, citado pelo jornal A Bola, 29 de Dezembro de 2010. Mais um do grupo da vanguarda que não quer largar o poder. Podem explicar-lhe que terá mesmo que ser?

«A história da FIFA é um papão que visa amedrontar as pessoas para que estas alterem a composição da assembleia geral da Federação, mesmo violando as consciências, e aceitar a imposição governamental num organismo de direito privado, o que é inconstitucional» - Lourenço Pinto - Presidente da AFPorto, citado pelo jornal A Bola, 29 de Dezembro de 2010. Será que alguém explica a este dirigente que o tempo dos xitos acabou e que não lhe resta alternativa senão abandonar esta bravata pela luta de um poder que não quer abandonar?

«(...) recomendo-lhes que investiguem o que se passa no seu túnel e que envolve os tais assistentes que, ao que nos tentaram convencer, participam no espectáculo» - Rui Moreira, Adepto do FCPorto em A Bola, 24 de Dezembro de 2010. Os portistas são de ideias fixas sobre o túnel da Luz. Já se esqueceram o que se tem passado no seu próprio túnel?

«As declarações de Jorge Jesus são uma reacção do desespero diante da evidência» - Francisco José Viegas, Adepto do FCPorto, em A Bola, 24 de Dezembro de 2010. Como assim? Então porque andam tão nervosos e desesperados os portistas?

«Benfica na Liga Europa só foi possível devido a um grande portista de coração, Lisandro» - Francisco José Viegas - Adepto do FCPorto, em A Bola, 17 de Dezembro de 2010. Síndrome de gigantismo?

«A jogar contra dez talvez tivéssemos conseguido ganhar.» - Domingos Paciência - Treinador do SC Braga, após o jogo Benfica-Braga, 12 de Dezembro de 2010, em conferência de imprensa. Não percebemos de que se queixa Domingos. Será a azia que não o larga?

«Esta época até Portugal, que tem um futebol de vão de escada, conseguiu carrear mais pontos (9.400) para o ranking da UEFA, graças ao FCPorto, Sporting e Sp.Braga, do que a Itália (7.857)» - Manuel Martins de Sá - Jornalista, em A Bola, 7 de Dezembro de 2010. E então o Benfica não contribuiu com nenhum?

«Há que entregar-se, sempre, de alma e coração e, provavelmente, ele não percebeu isso» - Terá dito sobre David Luiz à R.R., António Simões, campeão europeu pelo Benfica, Citação do C.M. em 2 de Dezembro de 2010. Uma pessoa com a experiência de António Simões quer isolar a àrvore da floresta?

«Se me continuar a dirigir aos árbitros educadamente vou continuar a ficar surpreendido por ser expulso. Se não posso fazê-lo, fico surpreso com a forma como a maior parte dos treinadores abordam os árbitros. Muitos são agressivos e insultuosos.» - André Villas-Boas - Treinador do FCPorto em conferência de imprensa, Record, 2 de Dezembro de 2010. Para além de querer ser diferente, agora também é queixinhas?

«O conflito entre FCPorto e Benfica há muito que ultrapassou as fronteiras do razoável» - António Magalhães - Director-Adjunto do Record, 30 de Novembro de 2010. Com a prestimosa ajuda da comunicação social e em particular do Record, não é António Magalhães?

«(...) devo dizer, que independentemente dos regulamentos, um jornalista, num país de pleno direito, pode e deve levantar as questões que entender» -
Vanda Cipriano - Jornalista, no Record, 30 de Novembro de 2010. Poder pode mas só na conferência de imprensa. Então porque o fez na flash-interview que o proíbe?

«Nos momentos mais complicados, o técnico (Jorge Jesus) não suporta perguntas incisivas e incómodas mas pertinentes» - António Magalhães - Director-Adjunto do Record, 29 de Novembro de 2010, a respeito do «Então tchau!» de Jorge Jesus. Perguntas incisivas e incómodas? Mas afinal o repórter não era suposto perguntar sobre o jogo? Se queria quadrilhar tinha depois uma conferência de imprensa para isso!

«O argentino Saviola não negou que tivesse um desentendimento com Jorge Jesus.´São coisas nossas que se resolvem no balneário', disse, em comentário à notícia do 'Correio da Manhã'» - Correio da Manhã, 29 de Novembro de 2010. Este tipo de notícias foram captadas pelo microfone secreto de António Pereira. Perguntamos: 1 - Tinha que desmentir o quê? 2 - Não negando é sinónimo de confirmação?

«(...) E como não percebeu isso, agora desabafa sobre as perseguições da imprensa. Está perdido»
- António Varela - Jornalista, sobre Jorge Jesus, no Record, 28 de Novembro de 2010. Varela é o protótipo do jornalista-adepto cujo código deontológico varia em função dos recados que lhe pedem. Quando é que deixa de ser adepto para ser jornalista? Quando é que começa a escrever sem deixar transparecer a sua faceta de anti-benfiquista convicto?

«Jesus divide plantel da Luz. Luisão trava burburinho provocado por Saviola, que se riu na cara do treinador quando soube que ia ser substituido ao intervalo do jogo com o Hapoel» - António Pereira/Octávio Lopes - Jornalistas, Correio da Manhã, 27 de Novembro de 2010. Informações captadas em directo por Pereira do balneário do Benfica. Não podia ter arranjado uma historieta melhor?

«(...) há, ainda, o que não é pouco, o desgaste de quem já não desejaria estar onde está. David Luiz é o caso mais sintomático. Sonhará todas as noites com Reais, venham eles de Madrid ou de Inglaterra e, quando acorda, de manhã, depara-se-lhe a chatice de ter que voltar ao Seixal»
- Vitor Serpa - Director de A Bola, 27 de Novembro de 2010. E o Director de A Bola, não sonha em exercer melhor o lugar? Por exemplo em ser coerente com Rui Moreira como foi com José Quintela?

«Viu-se em Telavive que, quando os jogadores não querem, até o treinador parece uma besta»
. - Rui Santos - Jornalista, no Record, 25 de Novembro de 2010. A querer branquear Carlos Queiroz?

«(...) ou graças a apoios financeiros com dinheiros públicos - como é por exemplo, o caso do Marítimo, financiado por Alberto João Jardim com o nosso dinheiro» - Miguel Sousa Tavares-Adepto do FCPorto, A Bola, 23 de Novembro de 2010. Resquícios do caso Kleber? E então o Nacional e o União da Madeira?

«Quando até os órgãos sociais do Benfica se atiram a Jesus, é irónico que tenha de ser o treinador do FCPorto a sair em sua defesa» - André Viana - Jornalista, no Record, 21 de Novembro de 2010. Será esta mais uma das desesperadas tentativas destes moços de recados portistas para transferirem todas as culpas para os órgãos sociais do Benfica e lançar a confusão?

«Tocar em projectos e transformá-los quase de imediato, dando-lhe uma expressão própria, é pois o desafio que só pode estar destinado aos grandes, como Mourinho ou Bento. E nessa perspectiva há um outro nome para acrescentar à lista: André Villas-Boas. O FCPorto foi capaz de reinventar já começa a ser um caso sério no domínio da estética - por comparação até com as maiores potências europeias».
- Nuno Farinha - Director-Adjunto do Record, 21 de Novembro de 2010. E porque não mundiais? E que tal se Farinha promovesse uma subscrição para a estátua?

«Nos clubes, a coisa não é diferente. Departamentos de comunicação que mais não são do que filtros controladores, ausência de craques na primeira pessoa das páginas do jornais (...)» - Bernardo Ribeiro-Sub-Director do Record, 21 de Novembro de 2010. Nos jornais já temos visto, mas de facto nos pasquins não. B.R. já se interrogou sobre os porquês?

«David Luiz sai para o Chelsea por 35 Milhões»
- Título de 1º página do Correio da Manhã, 20 de Novembro de 2010.«David Luiz pode valer 40 Milhões (para o Manchester City)» - Notícia do Record, 20 de Novembro de 2010. Começou o leilão?

«Ninguém sabe se as marcas da goleada no Dragão ainda persistem. O verdadeiro teste chega na quarta-feira»
- Nuno Farinha - Director-Adjunto do Record, 20 de Novembro de 2010. Será que este teste será (finalmente) o verdadeiro?

«A derrota foi tão humilhante que o comandante não foi capaz de dar a cara» - Paulo Teixeira Pinto - Adepto portista, em A Bola, 20 de Novembro de 2010. Mas afinal quem escreveu isto? Terá sido um SD qualquer da malta da Ribeira?

«Luis Filipe Vieira afasta Jesus dos reforços» - António Pereira, Jornalista, no Correio da Manhã, 19 de Novembro de 2010. Mas afinal há reforços? Onde é que eles estão?

«Os jogadores não são máquinas, e os momentos de pior forma ou de menor inspiração são inevitáveis» - Rui Moreira, Adepto do FCPorto, em A Bola, 19 de Novembro de 2010, sobre a exibição menos positiva do FCPorto ante o Portimonense. Então se é assim, qual a razão que levou RM a menorizar o Benfica só porque teve um dia mau?

«A Seleção Nacional, com uma bela exibição, banalizou os campeões do Mundo. Quando os jogadores querem, até o treinador é 'bestial'» - Rui Santos - Jornalista, no Record, 18 de Novembro de 2010. Será que Rui Santos já se interrogou do porquê dos jogadores não quererem, com Carlos Queiroz?
«Face à novela Nuno Gomes, será que Vitor Baía ainda pensa que no Benfica é tudo bom?» - André Viana - Jornalista, no Record, 17 de Novembro de 2010. Quem terá encomendado o sermão a este moço de recados da SAD portista?

«O caso do presidente da assembleia geral do clube, Luis Nazaré é flagrante. Sempre que pensa, diz, recusando-se a enfileirar na carneirada dos 'yes men' que Vieira gosta de ter à sua volta. (...) Por quanto tempo mais continuará líder da AG? Isso aí é outra história... mas dificilmente chegará ao fim do mandato. E isto é só um palpite» - António Varela - jornalista, no Record, 14 de Novembro de 2010. Luis Nazaré sempre que pensa, diz. Será que AV não pensa, e diz? Luis Nazaré recusa-se a enfileirar na carneirada dos 'yes men'. Será verdade que AV nunca se recusou a ser 'carneiro' de Pinto da Costa? Luis Nazaré dificilmente chegará ao fim do mandato. AV querendo confusão, será que agora também tem dotes de cangalheiro?

«Ao não apresentar queixa e identificar os invasores, o Benfica pactua com uma forma de estar que não é nossa» - Bernardo Ribeiro - Sub-Director do Record, 14 de Novembro de 2010. Nisso B.R. tem razão. É 'nossa', não é dele. Mas porquê o silêncio quanto aos Super Dragões, designadamente quando provocam estragos em estações de serviço?

«Como é que um ser vivo, volumoso, cacarejante, entra num estádio do pós-Euro-2004?» - Octávio Ribeiro - Director do Correio da Manhã, no Record, 9 de Novembro de 2010. Afinal que dúvidas tem O.R. sobre o como?

«Ver o Benfica em palpos de aranhas, completamente perdido, não deixa de me dar alguma satisfação»
- Rogério Alves - Presidente da MAG do Sporting, à Rádio Renascença, citado pelo Record, 9 de Novembro de 2010. Mas afinal que tipo de dirigismo tem o Sporting?

«O Jorge Jesus deslumbrou-se um pouco porque pensava que era melhor do que é na realidade» - José Gaspar Ramos - Ex-Director do Departamento de Futebol do Benfica, à Rádio Renascença, 9 de Novembro de 2010. Porque é que algumas pessoas aparecem sempre que o Benfica não ganha?

«Os 'grandes líderes' acenderam a mecha e deixaram-na a arder lentamente, até que se retiraram, à espera da explosão» - António Varela - jornalista, a propósito do FCPorto-Benfica, no Record, 7 de Novembro de 2010. Desilusão por (ainda) não haver guerra?

«Mas encerra igualmente uma lição para Jesualdo Ferreira, que, na hora de saída do FCPorto e com três títulos nacionais no bolso, se 'esqueceu' de falar de quem o ajudou nesse trabalho» - Jorge Barbosa - Jornalista, no Record, 3 de Novembro de 2010, a propósito da saída do Málaga. Ter-se-á esquecido de prestar vassalagem ao 'papa'?

«José Mourinho conhece a dimensão de uma desvantagem de 10 pontos na Liga portuguesa e considera o caso arrumado se o Benfica vier a perder no Dragão. Na prática, só lhe faltou dizer que nem ele conseguiria virar o campeonato a favor das águias» - António Varela - Jornalista, no Record, 31 de Outubro de 2010. Ou será porque Mourinho conhece o sistema?

«Penso que o árbitro Duarte Gomes não esteve no seu melhor, o FCPorto tem de o ter sob a sua atenção»
- Albertino - Ex-jogador do FCPorto, no Record, 31 de Outubro de 2010. Alguém tem dúvidas que este é um dos modus operandi do sistema?

«Ainda estendido no relvado, o brasileiro gesticulou veemente e bateu com a mão no chão e, já fora das quatro linhas, atirou um objecto contra o banco dos suplentes»
- Notícia de Record de 31 de Outubro de 2010, s/Fernando - jogador do FCPorto no jogo com a Académica. Tem mesmo mau feitio, o ano passado foi a manga do túnel. Será que estava algum steward perto do banco dos suplentes?

«(...) É assustador verificar a frequência com que, graças a uma redacção voluntariamente ambígua da lei, são anuladas em julgamento escutas telefónicas»
- Miguel Sousa Tavares - Adepto portista, no Expresso, 11 de Junho de 2007, citado por Ricardo Araújo Pereira, em A Bola, 30 de Outubro de 2010. Estas escutas já valiam?


< ver anteriores





Voltar ao Topo | Página Anterior Bookmark and Share  

Publicidade
Publicidade

Redes Sociais


Artigos de Opinião
Siga-nos no:
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Facebook
RSS

Newsletter
Por favor insira o seu email:

Contribuições
Contribua com o Paypal
 
Web Design & SEO by ViviDelux