Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares

Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Seara Alheia Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares


Outros Canais Anti-Benfiquismo Disparates Lapidares Artigos de Opinião
 
Comentários a Artigos

Legalidade moralista
Vitor Pinto, jornal Record
2 de Abril de 2011



De sopetão eis que a diminuta legião de pintistas apareceu agora a falar abundantemente de legalidade. Acreditamos que os seus ouvidos devem ter estranhado a palavra por a ela não estarem habituados. Devem até ter-se interrogado com os seus botões, mas que bicho deve ter mordido a esta gente?

Neste enquadramento justifica-se sem dúvida a expressão: Bem pregas Frei Tomás! É que de repente todos os pintistas sentiram uma necessidade irreprimível de falar de legalidade, porque será? Terá alguma coisa a ver com o jogo da Luz? É que o hábito faz o monge, e que saibamos nunca os ouvimos utilizar a palavra nos jogos no Dragão, como também nunca ouvimos qualquer referência à mesma nas Antas. Deve ser ilusão de... ouvido...

Justamente por isso, formularíamos esta simples pergunta: Qual a razão porque o FCPorto do Pinto-Maior nunca exigiu o cumprimento da legalidade nos seus estádios? Seria por não ser capaz de a cumprir? É que é no mínimo curiosa a exigência formulada agora às autoridades do cumprimento da legalidade no estádio dos outros!

Mas afinal pese embora todos os malabarismos de Vitor Pinto, qual é lei que está em risco de não ser cumprida? Para amenizar a discussão vamos introduzir uma nova questão ao jornalista-pintista: Será que não é verdadeiro que o FCPorto do Pinto-Maior tem impedido sistematicamente os adeptos do Benfica de transportarem material alusivo ao clube para dentro do seu estádio? É ilegal? Não é! Dir-se-á que é apenas eticamente condenável e a segunda medida anti-futebol como bem disse André Villas-Boas. Só foi pena a memória tê-lo atraiçoado.

Então porquê o alarido em torno de uma medida recíproca anunciada em antecipação pelo Benfica para um jogo no seu estádio? É um coisa simples de perceber em que até nem é preciso fazer qualquer desenho.

Quanto às claques legais e ilegais: como Vitor Pinto bem sabe, a única diferença é de substância, ou se quisermos de quantidade. Enquanto no caso encarnado não existem claques legalizadas, logo todos os seus elementos sem excepção enquanto membros de claque estão numa situação de ilegalidade, ao invés, no FCPorto e no Sporting existem várias claques legalizadas. O que significa que os seus elementos estão registados. Mas há sempre um mas. E o que seria interessante de saber era:

a) De quantos elementos se compõe cada claque legalizada?

b) Será que estão todos registados? Se não, que percentagem?

Os elementos de que dispomos não nos garantem certezas. Mas segundo fontes geralmente bem informadas, a situação está longe de ser a ideal, o que significa que há elementos em situação de ilegalidade.

Se se confirmarem estas informações, como tem agido o FCPorto nessa matéria? Tem impedido a sua entrada no Estádio do Dragão com o material habitualmente usado, ou pelo contrário os ARD’s devido a instruções recebidas têm feito vista grossa, dado que não estão em condições ou não querem impedi-los do acesso? 

Como se pode observar, esta é uma matéria com alguma complexidade, e que requer essencialmente controlo e bom senso. Daí que seja muito feio atirar paus para o telhado do vizinho quando o nosso quintal está cheio deles... e de bolas de golfe.

Que é um crime lesa-futebol impedir-se a entrada de símbolos desde que sejam legais alusivos a um determinado clube estamos de acordo. Por isso, antes de termos chegado a esse ponto, tinha sido vital que o FCPorto tivesse pensado nisso e não o tivesse praticado de uma forma recorrente nos últimos tempos.

Se assim tem sido, qual a razão porque insiste em falar de legalidades e de moral, um atributo que manifestamente não tem?


Social Networks Artigo Original | Comentários | Página Anterior Bookmark and Share  







Artigo Opinião
Siga-nos no:
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Facebook
RSS


   
Web Design & SEO by ViviDelux