Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares

Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Seara Alheia Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares


Outros Canais Anti-Benfiquismo Disparates Lapidares Artigos de Opinião
 
Comentários a Artigos

Jornalista-Empresário
André Viana, jornal Record
11 de Fevereiro de 2011


Quem tinha dúvidas sobre a capacidade do recordiano André Viana (AV)decerto as dissiparia com o seu escrito de hoje, ao revelar-se um jornalista multifacetado. Para além da defesa intransigente do emblema que o apaixona e que tem dado origem a diversas manifestações inflamadas, estamos convictos que AV vive na expectativa de vir a ser nomeado assessor de imprensa da Torre das Antas.

Nada mais justo para quem diariamente se esforça para merecer e justificar tão prestigiado cargo. Mas para isso terá ainda que enfrentar uma concorrência feroz porque o seu camarada Vitor Pinto é também um concorrente de peso. E sem esquecer António Varela!

No seu mini-artigo ficámos em dia que também pode ser um empresário de jogadores ou agente FIFA como agora se diz. AV é como alguns jogadores que jogam em várias posições com igual destreza e rendimento. É o talento e as suas capacidades inatas a reflectirem-se em todo o seu esplendor.

Mas a polivalência da sua mente imaginativa regionalista e o seu espírito de auto-flagelação também está em condições de pedir meças a qualquer um. Então não é que AV descobriu uma tremenda conspiração dos seleccionadores argentinos e brasileiros para ignorarem os jogadores do seu FCPorto?

Nós não acreditamos em coincidências, mas que as há, há! Ou se quisermos, a teoria coincidente dos 5 minutos, que foi o espaço temporal concedido ao então portista Lisandro López e ao actual portista Givanildo Vieira de Souza para jogarem pela selecção dos seus respectivos países.

Custa de facto a compreender como é que Alfio Basile e agora Mano Menezes só tenham concedido 5 minutos a tão prestigiados jogadores, ignorando as suas performances desportivas, dando a entender que só o fizeram por serem jogadores do FCPorto, o que é deveras lamentável. É mesmo uma mirabolante teoria da conspiração.

Então no caso de Givanildo é de uma injustiça atroz, aliás bem expressa na defesa intransigente que AV faz do jogador, o que convenhamos só lhe fica bem. À atenção de Mano Menezes.

Mas o Record tem algumas semelhanças com outro jornal diário também desportivo, embora o patrão seja diferente. De entre elas ressaltam as duas edições nesse outro jornal, com a particularidade de no Record estarem condensadas na mesma edição, talvez por questões de articulação e poupança redactorial.

Assim no diário do director Pais, o mesmo tipo de notícias tem tratamento completamente diferente, consoante as redacções do Porto e de Lisboa abordam questões relacionadas com o clube da Invicta ou com o Benfica.  Senão vejamos: hoje AV conforme sublinhamos atrás, defendeu com unhas e dentes os jogadores do FCPorto e em particular Givanildo. Ultrapassa o papel de mero jornalista para se situar como uma extensão da Torre das Antas ou de vulgar adepto.

Se compararmos com a abordagem de ontem do seu camarada António Varela (que apenas comete o pecado de não estar adstrito à redacção do Porto onde certamente estaria melhor enquadrado), perante os mesmos factos, tiveram conclusões diametralmente opostas.

AV no seu dia-a-dia de FCPorto, defendeu e enalteceu o seu atleta, enquanto AV (curioso como até as siglas são similares), resolveu atacar o jogador benfiquista Nico Gaitán (e por reflexo a SAD do Benfica pela mordaça imposta) que apesar de convocado ainda teve uma prestação pior – nem sequer jogou 1s. Só que os benfiquistas não caiem no complexo de dizerem que é por jogar no Benfica...

Surpresa? É evidente que não. A maioria dos jornalistas do diário da verdade a que temos direito têm destas coisas: são parciais, pouco rigorosos, especulativos e dão corpo na prática a um vulgar pasquim – só lhe interessam os resultados.

O rigor e a coerência? Bem esses podem esperar sentados...


Social Networks Artigo Original | Comentários | Página Anterior Bookmark and Share  







Artigo Opinião
Siga-nos no:
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Facebook
RSS


   
Web Design & SEO by ViviDelux