Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares

Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Seara Alheia Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares


Outros Canais Anti-Benfiquismo Disparates Lapidares Artigos de Opinião
 
Comentários a Artigos

A fantochada
Marco Gonçalves, jornal O Jogo
29 de Janeiro de 2011


A negociação que visava a transferência de David Luiz para o Chelsea nesta janela de Janeiro foi para já abortada, sendo que devido ao mercado ainda não ter encerrado, só mesmo no final do mês poderemos ver com toda a segurança o desenlace. Já não temos que esperar muito.

Este caso para os paineleiros era sempre dinheiro em caixa. Se tivesse havido já a transferência, os argumentos apontavam para uma cedência em toda a linha do Benfica, que se tinha submetido à vontade do jogador, que a claúsula de rescisão tinha sido remetida para as calendas, bla, bla, bla...

Como na negociação os dois clubes não chegaram a acordo, o jogador ficou bastante desagradado e ‘exige’ ser aumentado como compensação de lhe ter sido negado um ordenado milionário. Tudo por culpa do Benfica que está a partir as pernas ao jogador. Palavra de Marco Gonçalves (MC) do jornal ‘O Jogo’!

A estória está no entanto mal contada porque para poder construi-la, MC apelou à sua imaginação descritiva sem que dela tivessem saído argumentos convincentes que convencessem mesmo os leitores mais desprevenidos. E isso não é fazer jornalismo: é especular, partindo de pequenas verdades do conhecimento público para se aventurar numa notícia que carece de conteúdo na forma como é dada à estampa.

Para arranjar algo palpável, MC arranjou um estratagema deveras curioso mas que prova indubitavelmente que a sua intenção era adulterar os fundamentos. Assim, socorreu-se das razões evocadas pelo Chelsea para que as negociações tivessem abortado (novas exigências do Benfica) e quanto ao Benfica, limitou-se a copiar os comunicados da CMVM e do Benfica.

A isto chama-se vender gato por lebre, para que quem lesse o seu jornal ficasse com a sensação que o Benfica era o mau da fita,deixando o jogador altamente contrariado por os encarnados lhe terem partido as pernas. As consequências futuras seriam fáceis de imaginar porque, se se confirmar a não transferência, qualquer acto, qualquer falha ou manifestação de sobranceria, servirão imediatamente de confirmação do estado contrariado do jogador.

Outro acto da novela prende-se com o aumento de ordenado do jogador que segundo MC, David Luiz... está à espera em jeito de compensação. Mais uma vez a estória está canhestra. O assunto já foi escalpelizado publicamente no início da época, sendo que não aconteceu precisamente pela possibilidade de transferência. Será que MC pensa que já nos esquecemos? Não passou assim tanto tempo!

David Luiz tem demonstrado ao longo da sua carreira no Benfica que é um profissional no verdadeiro sentido do termo, o que aliado à sua classe, garra e vontade, o transformaram num jogador querido dos adeptos e apetecível para qualquer emblema. Se é legítimo concluir que o vencimento que lhe era oferecido pelo Chelsea (como já tinha acontecido com o City) era atractivo e tentador, é lamentável que MC venha fazer citações (obviamente favoráveis à sua tese) como se esta fosse a última oportunidade de um internacional brasileiro com 24 anos fazer um contrato. A esse respeito, recomendamos a MC que leia as declarações do progenitor do jogador que, até ver, são mais impressivas dos que as que cita na sua peça.

Só que MC já tinha engatilhada na sua mente estas teorias de cordel que são mais uma prova de que uma boa parte do jornalismo neste País se entretem a chafurdar na lama da sua própria incompetência, do fretismo, e das contradições que endogenamente o afectam.


Social Networks Comentários | Voltar ao Topo | Página Anterior Bookmark and Share  







Artigo Opinião
Siga-nos no:
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Facebook
RSS


   
Web Design & SEO by ViviDelux