Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares

Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Seara Alheia Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares


Outros Canais Anti-Benfiquismo Disparates Lapidares Artigos de Opinião
 
Comentários a Artigos

Imagine-se
Francisco José Viegas, jornal A Bola
4 de Março de 2011


«Imaginar, como se sabe, é um exercício perigoso. É muito fácil acreditar no que imaginamos. É muito difícil deixar de acreditar. A imaginação corrompe a realidade». Esta citação de Faiza Hayat serve de pedra de toque para comentarmos a crónica que o adepto portista Francisco José Viegas (FJV) escreveu hoje no jornal A Bola.

O cronista entregou-se de alma e coração a um exercício de imaginação mas que abrangeu só o momento presente e provavelmente o futuro e, porque é fiel à máxima de esquecer as coisas más e que não lhe interessam, não houve qualquer retrospectiva nem nenhum regresso ao passado, o que significa que a história deve ser contada de acordo com os seus interesses e como a quer imaginar. Se o percebemos...

Surpreende-nos (mas só às vezes) a facilidade ou talvez a desfaçatez seja uma palavra mais apropriada, com que alguns atiram pedras quando os seus telhados estão todos esburacados das pedradas (e desta vez não são vermelhas como imaginou a juíza Pessanha). Isto deve ter certamente uma explicação que eventualmente só poderá ser desenvolvida e explicada pela área da psicanálise.

Todos também sabemos (e não é preciso ir ao famigerado YouTube), a quantidade de tijolos que o construtor, o mestre de obras e alguns pedreiros utilizaram para a edificação do edifício azul e branco. Tudo está documentado e ignorá-lo, é hoje em dia um exercício absolutamente escusado e condenado ao insucesso.

Mandavam por isso as mais elementares regras da prudência que não houvesse mais intifadas. Mas não, tudo tentam fazer acontecer como se ainda estivessem na era dos xitos e para que não fiquem aturdidos com o descobrimento de uma nova situação que tende a normalizar-se, continuam a sonhar e a imaginar que ainda têm o poder absoluto e podem pôr, dispôr e manipular como nos bons velhos tempos.

Se repararem, a fraseologia utilizada, os argumentos bolorentos e as técnicas de intoxicação porque enveredam são rigorosamente os mesmos, apenas  mudando alguns locais e situações e obviamente os protagonistas. De resto tudo similar, o que prova claramente a sua escassez de argumentos e de ideias, não disfarçando o incómodo que continua a causar o velho complexo de inferioridade.

Repetidamente temos sofrido críticas por não sermos mais acutilantes nas respostas a determinado tipo de argumentos e mesmo da linguagem excessiva usada pelos mais fanáticos portistas. Embora compreendamos o seu sentimento de revolta ainda assim temos resistido, não só porque não é essa a nossa postura e a nossa maneira de encarar o desporto e neste caso específico o futebol, mas também porque por norma temos muito respeito pelo ar que todos respiramos.

Assumimos que é muito difícil agir deste modo, para mais quando diariamente os benfiquistas são metralhados com todo o género de dislates e invenções, não só de portistas mas sobretudo dos que fazem do anti-benfiquismo a sua bandeira favorita. Infelizmente para eles afirmam-se pela negação em vez de pugnarem por ser positivistas e reactivos.

Mas parece hoje fazer todo o sentido que essas pessoas não vivem o futebol de uma forma realista e sadia, mas apenas e só no actual mundo dos esquemas implementados pelo seu líder e de quem nunca se conseguirão emancipar. É pena que assim seja pois terão que continuar a viver no emaranhado das suas próprias contradições e na vil tristeza das suas frustações.

Mas não fomos nós que escolhemos essa via. E, para sermos completamente francos, nesta altura do campeonato já não nos faz muita mossa. Basta apenas estarmos atentos!


Social Networks Artigo Original | Comentários | Página Anterior Bookmark and Share  







Artigo Opinião
Siga-nos no:
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Facebook
RSS


   
Web Design & SEO by ViviDelux