Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares

Votação Anti Todos ao Estádio! Qual Arbitragem? Seara Alheia Tesourinhos Artigos de Opinião Disparates Lapidares


Outros Canais Anti-Benfiquismo Disparates Lapidares Artigos de Opinião
 
Comentários a Artigos

Em bicos de pés
Miguel Sousa Tavares, jornal A Bola
10 de Maio de 2011



Dentro da coerência que é seu apanágio, o FC Porto fantástico e sublime que «nem o Real Madrid com cinco trincos» conseguiria parar parece desta feita – após uma derrota em Villarreal e um empate caseiro – permitir alguns reparos do exigente Miguel Sousa Tavares (MST).

Em notório estado de vigília, Rolando, Rúben Micael, Fernando, Walter, até mesmo André Villas-Boas (?!?) sofreram na pele a volatilidade do pombo-correio-mor que desta feita canta o có-có-ró-có-có do «toca a acordar que há ainda muito para ganhar». É um direito que lhe assiste e ao seu FC Porto diz respeito, como o é de assumir que o tridente Álvaro Pereira-Falcão-Hulk representa 80% do sucesso do FC Porto actual, o que implica dizer que a prospecção do Benfica é responsável por 2/3 dessa larga fatia, o que prova que malgré tout, os encarnados alguma coisa estão a fazer bem!

Visivelmente em convalescença pelo aparecimento da «Verdade Desportiva» - uma temática cada vez mais presente no mundo do futebol indígena -, foi com incontornável bom humor que MST decidiu incluir no mesmo parágrafo «erros de arbitragem», «contra o FC Porto» e... «sistemáticos». E pensar que há quem coma disto...

Entre os clientes da semana vimos figurar Leonor Pinhão que não constitui surpresa de maior, pois afinal de contas é do Benfica e tem os genes da coragem, não se comedindo de fazer o trabalho que outros profissionais da comunicação social deviam fazer.

Com a criatividade que lhe é habitual – o único problema de MST é mesmo conseguir contradizer-se por vezes no mesmo artigo – ficámos a saber que o Benfica foi quem «soprou» a prestigiante notícia da mariscada. Incontornável é que de tão recorrente que são estas prácticas no seu clube, nem o devido destaque tiveram em Portugal (porque seria?) onde Roberto liderou mais uma vez as capas. Só mesmo quem se nega a ver o YouTube pode sentir-se envergonhado, honestamente, há alguma réstia de vergonha?

Tanto não há que MST presta-se ao ridículo de desmontar cada episódio caricato que se passa no futebol português, tentando desesperadamente incluir o seu ódio de estimação encarnado associando-o a episódios como o ocorrido no Estádio AXA. Houvesse alguma honestidade intelectual da sua parte e decerto não se surpreenderia pelo sucedido, tão pouco explicaria as fotografias por debaixo da porta com teorias da conspiração em torno de «tentativas de desestabilização» por parte do Benfica, isto porque; a) o SC Braga confunde-se cada vez mais com o FC Porto e; b) não é uma situação virgem no Estádio AXA.

Outro dos clientes da semana foi Bruno Paixão – «anti-portista» segundo MST – tanto que foi o mesmo que à 5.ª jornada num célebre Nacional – FC Porto, perdoou um penálti ao FCP por mão de Rolando (mas será que afinal ele tem mãos?) dentro da grande área e não satisfeito conseguiu que os assistentes desencantassem 2 foras de jogo mal tirados ao ataque do Nacional. Foi este mesmo malvado que dentro da mesma coerência de MST, à jornada 12 optou por perdoar mais um penálti, desta feita num Beira Mar – Benfica, por mão na bola de Pedro Moreira dentro da grande área. Só é pena não pertencer à AF Porto...

Com os distintos tiques ditatoriais que cada vez mais são a sua imagem de marca, este tareco presta-se ainda a alguns devaneios que, complementares à verborreia acima descrita, arrastam nas suas fantasias Ricardo Costa – outro de espinha direita que não sucumbe a pressões pintistas. Assim, a mesma misologia que faz com que MST não se digne passar umas horas no Youtube (só conhece mesmo o «João pode ser»), faz desta feita por ignorar a argumentação do jurista em torno do aberrante castigo a Jorge Jesus, contrapondo ao de Luís Alberto.

Sendo incontornável que o futebol faz sobressair em cada um de nós alguma irracionalidade, os artigos de opinião de MST são cada vez mais fábulas... e das rascas.




Social Networks Artigo Original I | II | Comentários | Página Anterior Bookmark and Share  






Artigo Opinião
Siga-nos no:
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Facebook
RSS


   
Web Design & SEO by ViviDelux